Notícias de Abrolhos

Petróleo Abrolhos

Exploração de petróleo na costa ameaça Abrolhos

Sem lei para evitar que a indústria petrolífera se aproxime perigosamente da reserva de Abrolhos, no litoral da Bahia, o Brasil tem hoje 13 blocos de extração de óleo localizados tão próximos do santuário de 9 mil baleias-jubarte que, em caso de acidente, não há segurança ambiental mínima para evitar um desastre ecológico.

Com base em acidentes já registrados e políticas adotadas em outros países, os pesquisadores dizem que a exploração de petróleo não deveria acontecer em um polígono de 92 mil quilômetros quadrados - área equivalente à de Portugal - ao redor do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, o local de maior biodiversidade do Atlântico Sul. Essa é a área que, pelas características das correntes e a riqueza da flora e fauna da região oceânica, funcionaria como uma rede de proteção contra eventuais acidentes.

Para se ter ideia de quanto vale a segurança ambiental dessa distância, o derramamento de óleo no Golfo do México, no ano passado, afetou 229 mil quilômetros quadrados, uma área duas vezes e meia maior que o polígono sugerido para Abrolhos.

Os 13 blocos de exploração de petróleo que se localizam no interior do polígono de 92 mil quilômetros quadrados, a área considerada de segurança, são operados pelas empresas Petrobras, Vipetro, Perenco Petróleo e Gás do Brasil Ltda., Cowan Petróleo e Gás S.A. e Sonangol Starfish Oil & Gas S.A. Esse polígono foi sugerido ao governo em estudo conduzido pela ONG Conservação Internacional em 2005.

Para estabelecer essa área, os técnicos da ONG utilizaram o método de dispersão da gota de óleo, também usado pelo governo da Nova Zelândia. Significa dizer que, se houver derramamento em qualquer ponto do polígono, o óleo atingirá Abrolhos.

De lá pra cá, o plano foi absorvido pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) como um "excelente trabalho", mas nada foi feito de prático, além da promoção de discussões internas do governo. "Esse estudo é excelente", avaliou Cristiano Villardo, coordenador-geral de Petróleo e Gás do Ibama. "Seria interessante ter uma solução de longo prazo, se é tão importante assim proteger Abrolhos, como diz o governo", afirmou.

O expediente de curto prazo foi adotar uma zona de 50 quilômetros ao redor do arquipélago, que fica excluída dos leilões da Agência Nacional de Petróleo (ANP), informou o próprio órgão regulador. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte> Estadão.com.br

Indústria do petróleo não tem equipamento para impedir vazamento como o dos EUA, diz professor

Fonte> Estadão.com.br

 

MPF contesta na Justiça licença para exploração de petróleo em Abrolhos

Fonte> Jornal do Brasil

top

Notícias de Abrolhos

  1. Expedição documenta áreas pouco conhecidas de Abrolhos
  2. Documentário sobre Abrolhos no Fantástico
  3. As baleias já estão chegando em Abrolhos!
  4. Governo estuda ampliar Parque de Abrolhos
  5. A revanche das baleias em Abrolhos
  6. Exploração de petróleo na costa ameaça Abrolhos
  7. Empresa vai explorar gás em Abrolhos
  8. Justiça libera exploração de petróleo em Abrolhos
  9. A decisão do presidente do TRF-1 pode causar graves impactos no meio ambiente, gerando prejuízos à biodiversidade e à comunidade mundial.
  10. Parque de Abrolhos recebe título internacional no Dia Mundial das Zonas Úmidas
  11. “Praga branca” está destruindo recifes de corais de Abrolhos
  12. Lula garante recuperação do aeroporto de Caravelas
  13. Abrolhos por baixo d’água
  14. Novas terras submarinas
  15. Pedra perigosa não cartografada
  16. Greenpeace faz protesto em alto-mar em Abrolhos
  17. Litoral brasileiro vira santuário de golfinhos e baleias
  18. Dietas das Aves Marinhas no Parque Nacional dos Abrolhos
  19. A história geológica de Abrolhos
Agendamento de passeios com pernoite Liveaboard
(21) 98474-2818
abrolhosviagens@gmail.com
Abrolhos Viagens
Catamarã Netuno. Abrolhos, BA - Brasil
Catamarã Zeus. Abrolhos, BA - Brasil


Trancoso Bahia
Corumbau Prado
Caraíva